Tag Archive: Paulo

23
dez

Pequena coisas

Gelson de Almeida Jr.

“Uau, que bacana! Como ficou claro! ”, essa foi a frase que falei para mim mesmo quando acendi a luz do banheiro para tomar banho hoje. Após dias tomando banho com a luz do quarto acesa, pois a do banheiro havia queimado, e eu esquecia de comprar uma nova, não me contive de felicidade. Como uma luz acesa no banheiro me trouxe tanta felicidade!

Enquanto tomava banho, veio à minha mente uma citação de Paulo onde ele afirma que sabia o que era passar necessidade e o que era ter tudo, pois aprendera o segredo para viver contente em qualquer circunstância (Filipenses 4:12). Após dias tomando banho na penumbra valorizei muito uma simples lâmpada acesa. Percebi que tenho falhado em valorizar as pequenas coisas do dia a dia, aquelas que realmente tornam o dia melhor,

Qual é sua reação ao acordar, reclamar de ter que levantar para trabalhar ou estudar ou se alegrar por mais esta oportunidade? Ao final do dia, ao invés de se queixar de dores nas pernas e no corpo você já experimentou agradecer o privilégio de ter pernas e corpo saudável para fazer tudo que fez? Por que não trocar a reclamação com o trânsito que está à sua frente pela valorização do “poder enxergar”? Você está no shopping e descobre que não poderá comprar a roupa nova que tanto queria para esse final de ano, não reclame, valorize, você viu coisas e pessoas, sentiu aromas e imaginou sabores, quantos gostariam de estar em seu lugar.

Normalmente só valorizamos algo quando perdemos. Não precisamos de carro do ano, lancha, avião, viagens a lugares paradisíacos ou coisas do tipo para sermos felizes, precisamos apenas de, como as crianças, valorizar as pequenas coisas que a vida nos oferece gratuitamente. Valorize cada momento, cada situação, valorize a vida e seja grato ao Pai por lhe conceder tudo isso e seja feliz.

24
jun

Gelson de Almeida Jr.

Quando pequeno meu pai me contou uma história sobre fé que recordei dias atrás. Num vilarejo assolado pela seca que castigava a região, a população, que vivia à base da agricultura, estava perdendo a esperança de aproveitar qualquer coisa daquilo que plantara.

Certo dia resolveram se reunir no final da tarde em uma capela que ficava no alto de um monte. Quando todos estavam reunidos na praça, prontos para iniciar a subida, uma garotinha deu um grito e pediu que todos esperassem, ela tinha esquecido algo em casa. Corre em casa e volta com um guarda-chuva debaixo do braço. Alguns sorriram e perguntaram qual a razão de voltar para pegar um guarda-chuva já que a estiagem era tão grande. Com a inocência própria de uma criança ela respondeu:

– Se vamos orar para que chova, eu não quero me molhar!

homem orandoBasicamente pode-se afirmar que existem três tipos de atitudes ao se orar:

  • Os que oram duvidando de resposta favorável. Sua frase típica quando a resposta não vem de imediato é: “Eu sabia que não iria conseguir! ”
  • Os que oram com fé, mas possuem uma fé tão pequena que é praticamente imperceptível. Sua frase favorita: “Cansei de esperar, Deus nunca me responde mesmo! ”
  • Os que verdadeiramente oram com fé. Sua frase típica: “Senhor, não sei qual a Tua vontade, mas confio que farás o melhor! ”

Tiago afirma que se orarmos ao Pai com uma mente duvidosa não devemos esperar dEle nenhuma resposta concreta (Tiago 1: 6-8 BV). Paulo diz que não se pode agradar a Deus sem fé, sem confiar nEle e que qualquer um queira ir até Ele deve crer que Ele existe e que recompensará os que sinceramente O procuram (Hebreus 11:6 BV).

Como você tem orado ao Pai? Sua oração e sua atitude ao orar mostram o tipo de fé que você possui.

08
jun

Perseverança

Gelson de Almeida Jr.

“Mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo”. (Mateus 24:13)


shigemi hirataDias atrás, Shigemi Hirata (foto ao lado), que já era muito conhecido e admirado onde mora (Japão), foi apresentado ao mundo, tornou-se, segundo o Guiness, o homem mais velho do mundo a conseguir um diploma universitário. Logo após se aposentar decidiu voltar aos estudos e, aos 96 anos de idade, conseguiu sua graduação em ceramismo. Ele afirma que, “ Aprender é divertido em qualquer idade”.

Caso tivesse desistido diante do primeiro percalço ou tivesse ouvido o “conselho” de várias pessoas, não teria concluído seus estudos, mas ele não deu ouvidos ao que diziam, nem se importou com as dificuldades próprias da idade, perseguiu seu alvo e conseguiu ser diplomado. Seu alvo era um diploma universitário, qual é o seu?

Em sua carta aos filipenses o apóstolo Paulo escreveu que concentrava todas as suas energias numa única coisa, esquecer o passado e aguardar esperançoso aquilo que estava à sua frente. Usando a metáfora da corrida, dizia que correria até o fim, onde esperava receber o prêmio das mãos do Eterno (3:13-14). Seu alvo era a salvação em Cristo Jesus.

O exemplo de Hirata mostra que o segredo para alcançar o que se quer é nunca desistir. Tendo como objetivo supremo a salvação, Paulo lutou contra toda a sorte de desejos carnais, provações e inimigos sem nunca desistir. Perto de sua morte disse que a luta havia acabado, mas que a vitória tinha sido alcançada, sabia que sua coroa estava guardada nas mãos do Pai (II Timóteo 4:8).

Talvez você esteja cansado de esperar ou lutar por algo que parece que nunca vai chegar. Talvez, na jornada cristã, esteja prestes a desistir, por achar que não vai chegar lá. Não desista, faça o seu melhor e o Eterno lhe dará a vitória. Sonhar, lutar e não desanimar, eis o segredo da vitória.

13
jul

Excesso de Maldades

admin

Predestinação ou escolha?
————————————-

Atualmente, seja na ficção ou no noticiário, vemos a proliferação de relatos e ameaças de maldades. As pessoas não apenas sentem-se livres para praticá-las ou planejar vinganças, mas também assumem tal condição como se fosse uma virtude, pois se posicionam como meras  vítimas injustiçadas.

Jean-Jaques Rousseau, controverso filósofo, afirmou que o homem nasce bom, mas o ambiente que o cerca teria a capacidade de corrompê-lo. Isto abre um leque de justificativas para racionalizar as maldades que por ventura alguém possa cometer. Porém, quando esta teoria é contraposta ao relato de Davi, podemos entender que o homem já nasce mal, fruto de um mundo em pecado: “Sou pecador desde que nasci” (Salmos 51:5).

Os psicólogos costumam usar a regressão para identificar as raízes de cada problema: falta de atenção ou amor dos pais costuma ser uma hipótese comum para vários casos, como tantas vezes vemos no cinema: atos ilícitos são justificáveis perante um desejo de provar algo aos pais que renegaram o filho.

O teólogo Ozeas Moura argumenta que a conclusão nos é apresentada em Romanos 9: Paulo ilustra que Deus criou vasos de glória e vasos de desonra. É importante notar que o contexto não significa uma predestinação, mas sim duas opções que Ele nos dá: temos a opção de desenvolvermos um caráter bom ou um caráter mal e cabe a nós escolher qual caminho trilhar. Deus, através de Sua misericórdia, nos guiará e abençoará ao fazermos a escolha certa e que reflete o Seu caráter.

07
fev

Aprendendo com as formigas

Gelson de Almeida Jr.

Dias atrás vi que em determinado local da casa havia um vai e vem de formigas. Intrigado, procurei o local aonde as formigas iam e de lá voltavam. Percebi que uma fruta havia amadurecido além da conta e caíra líquido dela. Decidido a acabar com aquilo, peguei um produto de limpeza, e limpei o local, que atraía as formigas. Notei que assim que limpei o local as formigas que estavam próximas voltaram rapidamente e assim procediam as que iam chegando mas, uma coisa, me intrigou, num determinado ponto, distante de onde eu havia colocado o produto químico, as formigas chegavam perto das que voltavam e dali retornavam, não continuavam seu caminho. Lembrei então do texto em que Paulo enviou aos coríntios dizendo que todas as coisas que antes aconteceram e estão relatadas, servem para aviso nosso, para que não cometamos os mesmos erros que eles (II Coríntios 10:11). O que houve eu não sei, mas vi claramente que formigas retornavam a partir de uma distância considerável. Não vi mais nenhuma formiga.

Diariamente temos a oportunidade de aprender com os erros de outros. Disse alguém certa vez que as pessoas sábias aprendem com os erros alheios, as normais com os próprios erros e as tolas não aprendem nunca. A Palavra de Deus está repleta de ensinamentos e lições que podem impedir que sejamos pegos de surpresa ou que nos machuquemos. Voce quer ter uma vida tranquila, sem atropelos e sobressaltos, quer errar o mínimo possível em seu dia a dia? Leia continuamente a Palavra de Deus e dê ouvidos ao que ela fala. Assim procedendo voce terá dias bem melhores.

14
dez

Imitando para ser imitado

Gelson de Almeida Jr.

Coisa muito comum nos dias atuais é imitarmos alguém, no jeito de falar, de agir, cantar o refrão de alguma canção, etc. Em 2002 um famoso jogador da seleção brasileira fez um corte de cabelo, que ele mesmo achava ridículo, mas que se tornou uma febre, principalmente no Brasil. Atualmente, outro jogador brasileiro é imitado em o seu corte de cabelo, afinal não importa o quê se copia, mas de quem se copia.

Durante sua viagem a Damasco, o apóstolo Paulo teve um encontro com o Salvador e isto lhe causou uma impressão tão forte que cada dia mais ele procurava ser como o seu Mestre, chegou ao ponto de afirmar que poderia ser imitado, pois ele imitava o Mestre (I Coríntios 11:1). Era um exemplo aos que o cercavam.

Certa feita, ao chegar em casa, foi-me dito que deveria ir, sorrateiramente, ao meu quarto. Qual não foi minha surpresa ao ver meu filho mais velho, na época com 3 anos de idade, recostado em minha cama com uma publicação em suas mãos, fazendo de conta que estava lendo. Sorri ao notar que a revista estava de cabeça para baixo, mas muito me preocupei quando, após ser perguntado sobre o que fazia, ele responder, com a fisionomia mais séria do mundo, estou lendo como o meu pai faz todo dia.

Querendo ou não, somos um espetáculo aos que nos cercam. Que grande responsabilidade! Só existe um meio de não sermos envergonhados quando alguém disser que é nosso imitador, é, antes de tudo, sermos imitadores de Cristo.