nossos fundamentos

Acreditamos Que Existe Um Único Deus: O Pai, o Filho e o Espírito Santo, a união de três Pessoas co-existentes e co-eternas. Também acreditamos que antes da criação do mundo, o Pai assegurou que, se necessário fosse, o Filho daria a Sua vida para Sua criação, e que o Espírito Santo, convenceria as pessoas de suas necessidade e os auxiliaria a crescer na graça divina (Gn 1:1; Dt 6:4; Mt 28:19; Jo 3:16, 14:9; 1Co 15:28; 2Co 13:14; Ef 4:4-6; 1Jo 4:8; 1Pe 1:2; 1Tm. 1:17; Ap 4:11; 14:7).
Aceitamos a morte de Jesus Cristo no Calvário como um ato de sacrifício expiatório pelos nossos pecados, acreditando que somente pela graça, através da fé no Seu sangue derramado, nós somos salvos do pecado e sua penalidade (Jo 3:16; Is 53; 1Pe 2:21, 22; 1Co 15:3, 4, 20-22; 2Co 5:14, 15, 19-21; Rm 1:4; 3:25; 4:25; 8:3, 4; 1Jo2:2; 4:10; Cl 2:15; Fp 2:6-11).
Aceitamos Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador pessoal, acreditando que Deus, em Cristo, ao aceitarmos o Seu sacrifício, perdoa nossos pecados, dando-nos assim um novo coração (2Co 5:17-21; Jo 3:16; Gl 1:4; 4:4-7; Tt 3:3-7; Jo 16:8; Gl 3:13, 14; 1Pe 2:21, 22; Rm 10:17; Lc 17:5; Mc 9:23, 24; Ef 2:5-10; Rm 3:21-26; Cl 1:13, 14; Rm 8:14-17; Gl 3:26; Jo 3:3-8; 1Pe 1:23; Rm 12:2; Hb 8:7-12; Ez 36:25-27; 2Pe 1:3, 4; Rm 8:1-4; 5:6-10).
Acreditamos que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus, a única regra de fé e prática do Cristianismo. Nós também nos comprometemos a orar e estudar a Bíblia regularmente, a fim de facilitar o nosso crescimento e maturidade espiritual. É através da Bíblia, que nós podemos aprender e entender a dádiva gratuita da salvação dada por Deus (2Pe 1:20, 21; 2Tm 3:16, 17; Sl 119:105; Pv 30:5, 6; Is 8:20; Jo 17:17; 1Ts 2:13; Hb 4:12).
Aceitamos pela fé a justiça de Cristo, nosso Intercessor no santuário celestial (Hb 8:1-5; 4:14-16; 9:11-28; 10:19-22; 1:3; 2:16, 17; Dn 7:9-27; 8:13, 14; 9:24-27; Nm 14:34; Ez 4:6; Lv 16; Ap 14:6, 7; 20:12; 14:12; 22:12). Aceitamos Sua promessa de graça transformadora e o poder de viver uma vida de amor, centrada em Cristo, onde quer que estejamos.
É nosso propósito viver uma vida de obediência a Deus e aos Dez Mandamentos, entendendo que a sua obediência não é a forma de nossa salvação, mas sempre o fruto de nosso relacionamento com Deus (Ex 20:1-17; Sl 40:7, 8; Mt 22:36-40; Dt 28:1-14; Mt 5:17-20; Hb 8:8-10; Jo 15:7-10; Ef 2:8-10; 1 Jo 5:3; Rm 8:3, 4; Sl 19:7-14). Através do Espírito Santo, Ele escreve Sua lei de amor no coração de todo aquele que crê. Honrar o sétimo dia, o Sábado, nos lembra da criação e da recriação. A verdadeira guarda do Sábado celebra o descanso e a finalização da obra de Cristo (Gn 2:1-3; Ex 20:8-11; Lc 4:16; Is 56:5, 6; 58:13, 14; Mt 12:1-12; Ex 31:13-17; Ez 20:12, 20; Dt 5:12-15; Hb 4:1-11; Lv 23:32; Mc 1:32).
Nós aguardamos a segunda volta de Jesus Cristo e a promessa da esperança quando “o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade” (1 Cor. 15:54). Em antecipação do Seu retorno, nós, através de nosso exemplo e testemunho, buscamos ajudar outros a aceitar Cristo como seu Salvador e Senhor. Na segunda vinda de Jesus, todos que estão salvos pela graça, vão finalmente realizar a ressurreição de Jesus em suas próprias vidas (Tt 2:13; Hb. 9:28; Jo 14:1-3; At 1:9-11; Mt 24:14; Ap 1:7; Mt 24:43, 44; 1Ts 4:13-18; 1Co 15:51-54; 2Ts 1:7-10; 2:8; Ap 14:14-20; 19:11-21; Mt 24; Mc 13; Lc 21; 2Tm 3:1-5; 1Ts 5:1-6).
Aceitamos o ensinamento bíblico dos dons espirituais, e acreditamos que cada membro é um ministro. A igreja de Deus vai ter anseio pelos dons espirituais, especialmente o dom profético. Os dons espirituais são dados àqueles que aceitaram a graça de Deus (Rm 12:4-8; 1Co 12:9-11, 27, 28; 14:1; Ef 4:8, 11-16; At 6:1-7; 1Tm 3:1-13; 1Pe 4:10, 11).
Acreditamos na organização da igreja. É nosso propósito assistir a igreja com nossos dízimos e ofertas e também pelos nossos esforços e influência. Pelo retorno dos dízimos e ofertas a Deus, nós mostramos nossa dependência Dele e amor por Aquele que sacrificou tudo por nós (Gn 1:26-28; 2:15; 1Cr 29:14; Ag 1:3-11; Ml 3:8-12; 1Co 9:9-14; Mt 23:23; 2Co 8:1-15; Rm 15:26, 27).
Acreditamos que devemos ser responsáveis por tudo aquilo que Deus nos confiou. Nosso desejo é de honrar a Deus, seguindo os princípios bíblicos da boa saúde em nossas responsabilidades espirituais, mentais, físicas e sociais. Isso inclui exercícios físicos, descanso, dieta alimentar e um bom gerenciamento do stress, acreditando em Deus e descartando as práticas não saudáveis, como o uso do álcool, fumo e outras drogas ou substâncias que tendem a causar degeneração física, mental, ou espiritual. Desde que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, nós queremos apresentá-lo tão puro a Cristo, quanto nós possamos honrar o Seu puro e perfeito corpo, que Ele sacrificou por nós (Rm 12:1, 2; 1 Jo 2:6; Ef 5:1-21; Fp 4:8; 2Co 10:5; 6:14-7:1; 1Pe 3:1-4; 1Co 6:19, 20; 10:31; Lv 11:1-47; 3 Jo 2).
Acreditamos nas determinações do Novo Testamento para a igreja como a expressão da fé e perdão dos pecados: o batismo por imersão (Rm 6:1-6; Cl 2:12, 13; At 16:30-33; 22:16; 2:38; Mt 28:19, 20) e a Santa Ceia (1Co 10:16, 17; 11:23-30; Mt 26:17-30; Ap 3:20; Jo 6:48-63; 13:1-17). Nós entendemos que a imersão e a conseqüente emersão na água é um símbolo precioso da morte e ressurreição de Jesus, e que o pão e o vinho são símbolos do corpo de Jesus e do Seu sangue derramado para que nós pudéssemos viver.
Entendemos os princípios bíblicos básicos de viver a vida cristã, como os ensinados pelos Adventistas do Sétimo Dia, e pela graça de Deus, nós planejamos conduzir nossas vidas em harmonia com eles, sendo responsáveis por revelar a verdade, à luz do evangelho. Aceitamos que o entendimento da verdade é progressivo, e que existem algumas coisas que ainda não nos foram reveladas, porque de alguma forma ou outra ainda não somos capazes de compreendê-las plenamente.
Acreditando que Deus tem usado a Igreja Adventista do Sétimo Dia para contribuir no contínuo processo de reforma e descoberta da verdade, nós somos membros da Nova Semente, que é parte da comunidade mundial dos Adventistas do Sétimo Dia. Nós entendemos que essa igreja é parte do corpo maior de Cristo, feito para aqueles que plenamente aceitaram o sacrifício dEle por nós.