A Porta Está Aberta

A Porta Está Aberta

Por |

Certa jovem, filha única de uma abastada família, que recebera a melhor educação possível, decidiu sair de casa à procura de algo que preenchesse o vazio de sua vida. Por mais que os pais implorassem para que ficasse ela saiu de casa, nada mais a satisfazia ali. Conheceu os melhores, mas também os mais abjetos lugares e afundou-se numa vida de depravação e vício. Certo dia encontrou um amigo de infância que, assim como ela, tivera as melhores oportunidades na vida e desperdiçara todas. O jovem não era nem sombra do formoso rapaz que conhecera e se esquivou do contato com ele. O rapaz disse-lhe que sabia de sua deplorável situação, mas que ela não deveria se sentir superior, pois estava em situação idêntica.

Caindo em si a jovem decidiu voltar para casa. Quando chegou viu a porta entreaberta e uma lamparina acesa na sala. Entrou cuidadosamente, mas deu de cara com sua mãe. A jovem disse apenas que entrara porque a porta estava aberta, disse ainda de seu arrependimento e que queria ouvir, só mais uma vez, a voz da mãe. Abraçando-a a mãe disse que ali era seu lar, que desde que ela se fora nunca mais a porta fora fechada e sempre havia uma luz acesa para que ela soubesse que era bem-vinda de volta.

Ao pecar demos as costas ao Pai e à Sua casa, mas Ele nunca desistiu de nós. Ele sabe que aqui não é nosso lar e, para que conseguíssemos chegar em casa, enviou o Filho, que é e o Caminho para a salvação (João 14:6), a Luz para não errarmos o caminho (João 68:12) e a Porta por onde conseguiremos entrar para a salvação (João 10:9). Não tem como errar e Ele não rejeitará ninguém que vá até Ele (João 6:37). Creia, por melhor que seja a vida aqui existe algo muito melhor nos esperando na casa do Pai, aqui não é nosso lugar, nossa pátria é a celeste. Volte para casa, a porta está aberta.