Monthly Archive: dezembro 2011

31
dez

# Feliz Ano Novo Agora!

Este é um dia especial para toda humanidade. Mesmo aos que sofrem injustiças, hoje há sempre alguém com esperanças que o dia de amanhã, o início do ano novo, esteja repleto da realização de um mundo melhor.  

Por que esperar para amanhã o que se pode fazer hoje? Ou que poderíamos ter feito ao longo deste ano que termina, como das dezenas dos que ficaram para trás?

Normalmente a humanidade deseja apenas para o dia seguinte ao ano velho – um marco na contagem do tempo – todo amor e paz não vividos até então. Mas, por que tem de ser assim? E o momento vivenciado neste minuto de final de ano? Não há nenhum valor no tempo de agora? Por que não começar agora o que se deseja viver apenas no dia de amanhã?

A humanidade precisa muito do evangelho, e isto é um fato inquestionável, porém, precisa mais ainda saber dos detalhes da volta de Jesus que acontecerá num abrir e fechar de olhos, e que terá como característica a impossibilidade do arrependimento durante aquele momento. Somente aos que anteriormente aceitaram o senhorio de Cristo, guardaram os mandamentos e mantiveram a fé no Filho de Deus, serão levados a viver no reino de Deus.

Àqueles que nestes instantes do final do ano, como no ano novo que possa iniciar antes da vinda de Jesus, o meu desejo é que tomem sua decisão pelo senhorio de Cristo neste momento, pois, ainda que o mundo venha a negar-lhes o amor, ou lhes ofereça apenas uma paz essencialmente humana e que não subsiste diante dos horrores, esta mudança de paradigma lhes proporcionará a eternidade plena de realizações.

Os teus desejos mais sublimes, e, sobretudo, aquilo que sua mente e seu coração não conseguem imaginar e sentir, estão a sua disposição neste segundo, antes mesmo da entrada do ano novo.

Feliz Ano Novo Agora!

Shabbat Shalom!

Sadi – Um Peregrino na Palavra

28
dez

Essas Pegadas São Minhas

Gelson de Almeida Jr.

 Passou o Natal e o fim de 2011 se aproxima. As comemorações não acabaram, mas não se vêem mais lojas lotadas de pessoas comprando presentes. Tudo agora gira em torno do ano novo. Parece que faz pouco que 2011 começou e já está acabando. Foi tudo muito rápido e nem percebemos!

A cada passo dado em 2011 pegadas foram deixadas. Olhando para trás, veremos muitas vitórias, mas também alguns escorregões feios. Mas espere! Se voce é apenas um porque então quatro pegadas? A razão é simples, durante todo o ano de 2011 Cristo andou ao seu lado, passo a passo. Em momentos difíceis ou não, lá estava Ele. Voce se lembra? Percebeu isto? Ou voce é daqueles que acham que as coisas ruins foram obra do azar e as boas porque voce mereceu?

É conhecida a fábula do jovem que ao olhar suas pegadas viu que em determinado ponto do caminho só havia duas pegadas, não quatro. Falando ao Senhor disse: “Por que é que naquela parte do caminho vejo apenas duas pegadas. Por que me abandonaste?” O Eterno lhe responde calmamente: “Naquele ponto voce vê apenas as minhas pegadas, pois a jornada estava tão difícil que eu carreguei-o no colo”. Que Deus maravilhoso!

Sabe de uma coisa? O Deus que já lhe salvou uma vez, se preciso for, fará tudo novamente, portanto, em 2012, faça a escolha correta, deixe o Eterno guiar seus passos em todos os momentos da vida, pois, se preciso for Ele o levará no colo. Feliz Ano Novo!

O texto acima foi preparado por meu sobrinho, Gabriel do Valle de Almeida

26
dez

Por um 2012 simples, porém feliz!

admin

Olhe mais para o céu, te ajudará a pensar em novos caminhos e a enxergar novas perspectivas.

Olhe por onde caminha, te trará mais firmeza pra praticar aquilo que te levará a realizar os teus sonhos.

Admire as estrelas, se não puder enxergá-las, admire a lua, as nuvens, as cores do céu no pôr-do-sol. Admire as cores de uma borboleta que passa por você, admire uma formiguinha carregando uma folha 5 vezes maior do que seu corpinho, admire os pássaros e seu cantar, isto lhe trará um sentimento de gratidão por ter ganho coisas belas sem ter feito nenhum esforço pra isto.

Ande pelo sol, quando estiver frio. Ande pela sombra, quando estiver calor, e sinta o conforto que cada um dos dois te traz.

Comemore cada vitória, mesmo que seja pequena. E reflita sobre cada fracasso, de modo que possa convertê-lo em algo de bom pra você mesmo. Carregue cada vitória dentro de sua mente como um reforço positivo. Após refletir sobre o fracasso, deixe-o pra trás, pois nada acrescentará aos teus dias.

Pense mais em Deus. Converse com Ele. Mesmo quando todas as portas se fecham, as portas do Céu continuam abertas pra você.

Procure beleza nas coisas: formas, cores, desenhos, cheiros. Lembre-se que a beleza está no teu olhar e não na coisa olhada. (Parafraseando André Gide, que escreveu: “Que a importância esteja em teu olhar, e não na coisa olhada”, livro Frutos da Terra).

Não perca tempo! Aproveite cada minuto do seu dia, sempre há coisas importantes a fazer, para outros ou para você mesmo.

Não pense que descansar é perder tempo. Não pense que relaxar é perder tempo. Não pense que meditar é perder tempo.

Leia mais, podemos aprender grandes e pequenas coisas lendo. Exercite sua imaginação ao ler uma bela história. Exercite seu intelecto lendo livros técnicos ou científicos. Não deixe sua mente esmorecer.

Ouça mais músicas. Aquelas que te trazem sentimentos bons, aquelas que te trazem lembranças boas. Cante junto. Leve-as consigo.

Procure beleza nas pessoas: um olhar, um gesto, um sorriso, seu jeito de falar, o que esta pessoa faz, quais são suas motivações. Todos têm algo de belo para oferecer. E isto é um tesouro que muitas vezes temos que procurar.

Satisfaça-se com pequenas coisas. Como brilhos de pequenas estrelas no céu, devem ser as pequenas coisas do dia a dia.

Não se entristeça com pequenas ou grandes coisas. Não permita que nada venha lhe tirar a paz.

Sorria mais. E verá que ganhará mais sorrisos.

Abrace mais. E verá que ganhará mais abraços.

Tenha coragem para mudar o que não está bom. E sorria por isto.

Tenha coragem para persistir no que acredita. E sorria por isto.

Tenha coragem para continuar o que está bom. E agradeça por isto.

Que seu 2012 seja repleto de coisas simples, belas e gratificantes. E que, assim, você abra as portas para que grandes coisas aconteçam!

Feliz 2012!

24
dez

# Natal

No momento em que eu pensava escrever o texto de hoje, eis que recebi um email de um amado e fiel irmão em Cristo, habitante da linda e quente cidade de Cuiabá, capital do Mato-Grosso de onde sou natural. E ele justamente enviava palavras sobre o natal. Decidi então fazer de suas considerações o texto que aqui compartilho com vocês, por acreditar que transmitem toda a mensagem que o mundo precise ouvir, acreditar e viver neste momento. Que o natal de todos nós seja repleto do amor de Jesus, fazendo-nos crescer na fé e no amor a Deus. Shabbat Shalom!

Sadi – Um peregrino da Palavra.

 Natal. Natal. O que é natal? “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; O governo está sobre os seus ombros, o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” (Isaías 9:6)

Que o Espírito de Cristo habite ricamente em nossos corações, através da nossa fé em Jesus. Pois, Ele se fez homem e veio trazer até nós – O Reino dos Céus.

Feliz Natal! A Você e a sua Família.

21
dez

Não havia lugar para eles

Gelson de Almeida Jr.

Recentemente estive em uma das mais conceituadas maternidades de São Paulo, ao caminhar pelos corredores, admirei os enfeites pendurados na porta dos quartos. Dava para ver que tudo fora preparado com carinho e antecedência, procurou-se fazer o melhor, para mostrar carinho ao recém chegado.

O título acima, uma citação do evangelho de Lucas, faz referência ao nascimento do Messias. Só esta frase já merece uma profunda reflexão, como assim, perguntaria alguém mais desavisado, o rei do Universo vem ao nosso planeta e não havia lugar para ele e seus pais? Mas isto é apenas o começo, pois a sequência do relato mostra que além de não ter lugar para nascer, o Criador de todas as coisas, teve como seu primeiro berço uma manjedoura (cocho) lugar onde se coloca comida para bovinos e equinos e as primeiras testemunhas de seu nascimento foram os animais. Embora sua mãe caprichasse, ainda assim, Ele estava em meio a animais e tinha como cama um amontoado de palha.

Nesta época do ano o mundo cristão capricha nos enfeites para a comemoração do nascimento de Jesus. Talvez voce mesmo tenha enfeitado sua casa. A grande comemoração será dentro de poucos dias e cabe a pergunta, voce está se preparando para comemorar um evento ocorrido no passado ou está se preparando para receber o Rei dos Reis? Em seu local de trabalho, em sua casa, em sua vida, há lugar para Ele? Não deixe o Salvador no quintal, na companhia de animais, dê a Ele o lugar mais aconchegante do mundo, o seu coração.

19
dez

Sonho Impossível (?)

admin

Imaginem uma família com uma renda muito baixa. O pai e a mãe trabalham duro pra dar do bom e do melhor para seu único filho, mas, embora pretendam dar sempre o melhor, nem sempre conseguem, pois o dinheiro não é suficiente.

 Tratam este filho como o bem mais precioso que possuem nesta terra, com muito amor e carinho, sempre, o que faz com que o filho entenda os presentes baratos, a falta daquele prato preferido na mesa e seu material escolar usado por outro aluno antes dele.

 Este filho sabe e sente o quanto o pai e a mãe o amam. Mas, ele tem um sonho: uma bicicleta. O problema é que ele sabe que a bicicleta que ele quer não é das mais baratas, mas ele sonha com ela… No fundo, o filho até se contentaria com uma outra bicicleta qualquer, desde que fosse… uma bicicleta…

 Neste novo ano, o pai e a mãe decidem fazer um esforço que durará o ano todo, para dar de presente de Natal a tão sonhada bicicleta ao filho amado. Não qualquer bicicleta, não! Eles querem dar aquela bicicleta, a dos sonhos do filho. Então, resolvem cortar gastos aqui e ali, e economizar mês a mês, até o Natal. Nada de ovo de páscoa, nada de presente do dia das crianças, nem mesmo presente de aniversário. Nada de comprar bugigangas na feira, nem pra mãe, nem pro filho. “Sabemos que ele vai sofrer um pouco, mas, quando ele receber a bicicleta no Natal, ele vai esquecer o ano difícil que passou e começará sua alegria curtindo seu presente tão sonhado!” – assim pensavam os pais e se disciplinaram o ano todo para alcançar seu objetivo.

 O filho se zangou muitas vezes, chorou, esperneou… “Nem essa motinho de plástico batatinha vocês podem me dar!…” – reclamava ele na feira. O dia de páscoa foi triste, sem chocolates, e o aniversário sem presente só não foi mais triste porque o pai e a mãe, em seu imenso amor, brincaram com ele o dia todo, e o encheram de beijos e abraços, até que esquecesse um pouco o fato de não ter ganhado nada.

 O filho começou a pensar que os pais estavam passando por um ano mais difícil do que os outros anos, a escassez de coisas em casa agora era maior… Sofria com isso, e o sonho com a bicicleta parecia cada vez mais impossível de ser realizado. Cada dia que passava, o sonho parecia ficar mais distante.

O pai e a mãe podiam dar para o filho qualquer bicicleta, a mais barata, mas eles queriam realizar o sonho do filho. Eles sofriam com o sofrimento do filho durante o ano, mas se fortaleciam para seguir com o plano quando imaginavam o sorriso e a alegria do filho quando recebesse a surpresa!

 Chegou o Natal, e os pais mal podiam esperar para ver a reação do filho ao ver aquele embrulho gigante. Estavam tão felizes por terem conseguido realizar o sonho do filho amado!!!

 Quando o filho viu o presente, na esperteza e inteligência de seus 9 anos, compreendeu tudo o que se passou durante aquele ano. Ele não sabia se ria, se chorava de emoção, não sabia se abraçava o pai e a mãe ou se subia na bicicleta! Ele mal podia acreditar que aquele sonho tão distante acabara de se realizar.

 Nossa vida é cheia de dificuldades, momentos sombrios, pesares, tribulações. Momentos de escuridão e seca, em que choramos, reclamamos, brigamos com Deus porque Ele demora tanto a nos dar o que queremos, o que sonhamos.

 Mas a Bíblia afirma: “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam”. (I Co 2:9)

 Qual o filho de nossa história, somos filhos de um Deus que nos ama e quer nos dar aquilo que realizará os nossos sonhos. Não menos do que isso, não uma imitação barata, nem algo que simplesmente se assemelhe, mas algo que nos satisfará plenamente. E existe um tempo certo pra isso.

 “Desde os tempo antigos ninguém ouviu, nenhum ouvido percebeu, e olho nenhum viu  outro Deus, além de ti, que trabalha para aqueles que nele esperam.” (Isaías 64:4)

17
dez

# Preparados para a aprovação.

       Esta semana ao assistir um programa na televisão, pude ouvir o apresentador mencionar a seguinte frase a sua entrevistada, que se mostrava grata pelas portas que se abriram desde sua primeira entrevista naquele local – “O motivo que a fez vitoriosa não foi estar neste programa em ocasiões anteriores, mas, estar devidamente preparada quando a oportunidade bateu à sua porta”.      
       Na vida adulta é de notória sabedoria o fato de se estar preparado para as oportunidades, tanto as que surgem de forma inesperada quanto às programadas, posto que esta seja uma obrigação inerente à própria escolha profissional. O sentimento decorrente do reconhecimento é de imenso bem estar. Revela-se a certeza de ter feito o que era apropriado fazer.
       Muitos de nós quando não estamos colocados no mercado de trabalho, às vezes escolhemos viver pelos olhos da carne, e o resultado é uma vida de lamentação, ao invés de vivermos pela fé, aperfeiçoando a arte que nos trará a possibilidade de dias melhores.
       Para todo aquele que se alimenta das palavras contidas nas sagradas escrituras, são conhecidas as seguintes parábolas – “O servo vigilante” – “As dez virgens”. A primeira pelo evangelho de Lucas (12:35), e a segunda pelo evangelho de Mateus (25:1).
       Por elas Cristo nos advertiu quanto a sua segunda vinda, e como devemos ser encontrados a fim de que sejamos agraciados a viver a eternidade na presença do próprio Criador.
       Maravilhoso será esse dia! Palavras são limitadas para descrever esse instante. Imagine você, mediante os olhos do espírito, o tamanho de sua felicidade ao ser reconhecido como merecedor desta graça definitiva e eterna.
       Na vida profissional é certo que devemos estar aptos para os momentos em que nos dispomos a realizar o ofício escolhido. A atualidade se caracteriza pela acirrada disputa profissional, no entanto, o esmero, a seriedade e a busca constante pelo aperfeiçoamento são meios próprios para o surgimento das oportunidades.
       Se para a vida deste corpo corruptível estas orientações se fazem necessárias, o quão importante é nos prepararmos para a volta de Cristo, e nesse momento surpreendente sermos encontrados aprovados mediante os testemunhos e comportamentos que tivemos, tendo o amor como pavimento de todas estas atitudes de fé.
       Que o amor por Cristo e à boa nova do reino brilhe em seus olhos e ressoe em seu espírito, dando-lhe a oportunidade de se preparar de forma devida.
       Shabbat Shalom!
       Sadi – Um peregrino na Palavra.

14
dez

Imitando para ser imitado

Gelson de Almeida Jr.

Coisa muito comum nos dias atuais é imitarmos alguém, no jeito de falar, de agir, cantar o refrão de alguma canção, etc. Em 2002 um famoso jogador da seleção brasileira fez um corte de cabelo, que ele mesmo achava ridículo, mas que se tornou uma febre, principalmente no Brasil. Atualmente, outro jogador brasileiro é imitado em o seu corte de cabelo, afinal não importa o quê se copia, mas de quem se copia.

Durante sua viagem a Damasco, o apóstolo Paulo teve um encontro com o Salvador e isto lhe causou uma impressão tão forte que cada dia mais ele procurava ser como o seu Mestre, chegou ao ponto de afirmar que poderia ser imitado, pois ele imitava o Mestre (I Coríntios 11:1). Era um exemplo aos que o cercavam.

Certa feita, ao chegar em casa, foi-me dito que deveria ir, sorrateiramente, ao meu quarto. Qual não foi minha surpresa ao ver meu filho mais velho, na época com 3 anos de idade, recostado em minha cama com uma publicação em suas mãos, fazendo de conta que estava lendo. Sorri ao notar que a revista estava de cabeça para baixo, mas muito me preocupei quando, após ser perguntado sobre o que fazia, ele responder, com a fisionomia mais séria do mundo, estou lendo como o meu pai faz todo dia.

Querendo ou não, somos um espetáculo aos que nos cercam. Que grande responsabilidade! Só existe um meio de não sermos envergonhados quando alguém disser que é nosso imitador, é, antes de tudo, sermos imitadores de Cristo.

10
dez

# Alma Vivente

 

 

       O homem por ser o humano destituído da harmonia e do equilíbrio divinos, constituído pela linhagem nascida do pecado, qual seja da desobediência, necessita urgentemente do auxílio do Criador. Alguns de seus comportamentos instáveis são a irritação, a impaciência e a amargura que carrega consigo por onde anda. Em outros testemunhos procura por um culpado por seus fracassos, passando a murmuração a ser sua principal companheira. E desta forma sua vida se torna um oceano de mágoas salgado pela falta de perdão.

        Mas, espere um pouco, neste contexto em que a alma vivente anda a se defender, eivada de motivos egoístas, se inclui o homem que conheceu a palavra do SENHOR, que aceitou a Jesus como seu Senhor, tendo por isto se batizado?

       Certamente que sim. Mesmo o homem que nasceu de novo continuará a pecar enquanto viver. Vivemos ainda em corpo corruptível. Aquele que diz o contrário mente. No entanto, ao aceitarmos obedecer ao SENHOR é preciso termos consciência que mesmo sendo falíveis, seguiremos deste momento em diante em direção ao alvo, que objetiva à salvação, vivendo em nós a obra da cruz. Obras e fé pavimentam tal estrada.

       Portanto, ainda sendo o humano convertido à palavra de Cristo, este, tal qual ao que inicia exemplificado neste texto, poderá viver tantas vontades da alma quanto aquele, e desta forma se não viver a palavra constante no texto de Paulo aos Gálatas (6:14), estando o mundo crucificado para ele e vice-versa, não diminuirá a si mesmo para que Cristo aí aumente, e viverá apenas o amor a sua própria vida e não a obra de redenção feita pelo Filho na cruz.    

Shabbat Shalom

Sadi – Um peregrino na Palavra

 

09
dez

A Melhor Época do Ano

admin

Qual é a sua lista de presentes?

——————————————-

“It’s the most wonderful time of the year” diz o refrão da música de Andy Williams, uma das canções mais clássicas de Natal. Não é para menos… tudo o que acontece nesta época é tolerado com um pouco mais de paciência. O ambiente se torna mais leve e apesar do stress no estacionamento do shopping, do trânsito no caminho para casa ou do desespero ao ver a fatura do cartão de crédito, ainda assim as pessoas se animam e expressam bondade de maneira contagiante.

Obviamente que nem tudo são flores. Mas ao contemplarmos o ano que está para terminar, as experiências opostas de cada indivíduo convergem para um sentimento comum a todos: se o ano foi ruim, podemos nos animar pelo próximo que está por vir. Temos ansiedade em fazer mudanças e executar novos planos, na esperança de que tudo se tornará melhor. E, se o ano foi bom, nos animamos em gratidão e felicidade pelo que passou, na expectativa de um ano novo ainda melhor.

E é esta animação um dos motivos que torna essa época tão bela. Não são os presentes, nem a ceia de Natal, muito menos o 13º. Salário. Mas ao se motivar por um ano novo ainda melhor, absorto em planos e metas individuais, qual é a sua postura em relação ao seu próximo?

Paulo diz: “Cada um dê conforme determinou o seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria” (2 Coríntios 9:7). Isto não significa que você deva doar rios de dinheiro, comprar uma infinidade de presentes ou caprichar na doação à Igreja ou instituição de caridade.

Aproveite esta época de transição, semeie a mudança na sua atitude e doe seu sorriso, seu tempo, seu afeto, seus ouvidos, sua paciência e mansidão. Isto é amor. Nada disto custa dinheiro, portanto não há necessidade de poupar ou de parcelar. Pelo contrário, pode-se gastar à vontade! Ou melhor, doe-se sem moderação!

Esta sua doação se refletirá no comportamento de seu próximo, que repassará a outra pessoa e assim por diante, numa escala exponencial que não podemos mensurar. Faça suas doações ainda hoje!

1 2